domingo, 20 de maio de 2018

Estória de uma História – 40 anos de Garantia


A Segato fornece 40 anos de garantia para os Pisos Alto Tráfego em relação a resistência a abrasão, compressão e flexão. Mas como chegamos a este espaço de tempo?

A Segato fabrica pisos marmorizados desde 1972, e temos pisos aplicados desde esta data em ótimo estado de conservação e perfeitas condições de uso.

A nossa estória começa em 2004, quando na construção de um hipermecado Extra na zona leste de São Paulo, foi exigido pela construtora, um termo de garantia da Segato para dez anos de garantia quando o usual seria de 5 anos.

O tema foi discutido em reunião na obra e nosso diretor falou que não garantiria o piso por 10 anos e sim por 20 anos; todos ali duvidaram, e foi feita a ata de reunião com esta garantia.

A Segato continuou garantindo seus pisos por 20 anos até 2012 quando dobrou a garantia para 40 anos.

Por que 40 anos?

A Segato fez aniversário de 40 anos; em uma estratégia de marketing e segurado por vários parâmetros técnicos, com coragem e responsabilidade passamos a garantir por um período de 40 anos.

Hoje a Segato está com 46 anos, será que em 2022 vamos garantir por 50 anos? Assim podemos, já que os pisos marmorizados resistem por muito mais tempo; como já falei, o piso marmorizado é um Piso Eterno.

Boas Obras!!!

domingo, 13 de maio de 2018

Calçadas que Caminhamos – Intertravado Multifaces





Em nossos passeios, vemos diversos tipos de pisos; e um modelo bem frequente é o piso Intertravado Multifaces.

São tijolinhos de concreto, produzido geralmente com 16 arestas, que encaixa uma na outra formando um mosaico.

É um piso aplicado geralmente sem argamassa, somente assentado sobre colchão de areia, portanto, não está aderido a um contrapiso, pode ser removido e reaproveitado em possíveis intervenções.

Conforme sua espessura, varia também a resistência, podendo ser utilizado para tráfego de pedestres ou veículos.

A nomenclatura Intertravado, é porque o piso tem que estar todo confinado, com uma peça travando a outra, evitando qualquer movimentação que desestabilize o sistema.

A Segato produz este modelo de piso, com alta tecnologia, em várias cores, podendo aguçar a criatividade para vários tipos de paginações de piso.

Boas Obras!!!!


domingo, 6 de maio de 2018

Rodapé – O Sapato da Parede


Rodapé é o elemento linear existente no encontro da parede com o piso.

Além de decorativo, ele tem a função de proteger a base da parede da lavagem do piso e de impactos; também encobre imperfeições neste encontro.

O formato do rodapé pode ser reto ou arredondado, este último sendo mais aplicado em áreas de saúde, embora a ANVISA já mudou este conceito.

Quanto a aplicação ele pode ser Convencional, Embutido ou Invertido.


O Convencional é aplicado sobre a parede, tem um poder de proteção maior e serve como distanciador evitando que móveis encostem na parede.


O Embutido é aplicado tendo sua face no mesmo prumo da parede, por isso é necessário reservar o espaço do rodapé no reboco da parede para que ele seja embutido. Este tipo de aplicação é o indicado pela ANVISA para uso hospitalar por facilitar a limpeza e evitar acumulo de bactérias. Permite a aplicação de espelhos e painéis sem a necessidade de sua remoção.

O Invertido, instalado dentro da parede, cria um efeito decorativo interessante que pode ser trabalhado com a iluminação também.

A altura do rodapé também é um importante detalhe arquitetônico, as mais convencionais são de 7 e 10 cm, mas podem ser maiores ou menores.

O acabamento superior pode ser reto, boleado ou chanfrado; estes últimos evitam o acumulo de pó, facilitando a limpeza.

O projeto também pode não contemplar rodapé, porém a parede ficará “descalça”.

Boas obras!!!

domingo, 22 de abril de 2018

Calçadas que Caminhamos – Piso Palito



Não é raro encontrarmos em nossas caminhadas, calçadas executadas com ladrilho hidráulico modelo Palito.

Por ser piso muito usado em rampas de veículos, também é conhecido como “Piso Rampa”, mas é aplicado também em calçadas e muitas vezes o projeto da calçada contempla uma extensão da rampa.

Por ter “os palitos” em alto relevo, as águas de chuva dificilmente criam película na superfície superior; e isso torna um piso com alto coeficiente de atrito, antiderrapante, e tem um ótimo grip para pneus.

A cor mais encontrada no mercado é a preta, porém nada impede a fabricação em outras cores. Em rampas, a cor preta é a ideal por não mostrar marcas de pneus.

Boas Obras!!!

domingo, 15 de abril de 2018

Piso Dormido - o que é isso??

Você já deve ter ouvido o termo “Piso Dormido”; mas o que isso quer dizer?

Será que o piso dorme em uma cama? Será que tem tranquilizantes ou calmantes em sua formula? Não, nada disso.

Na verdade, o termo “piso dormido” vem da maneira com que o piso é desformado.

É que o piso de concreto produzido em formas, adensado em mesa vibratória, não pode ser desformado de imediato; pois, resultaria em uma grande porcentagem de quebras.

Então, o piso é deixado dentro da forma de um dia para o outro, em processo de cura, para ser desformado, isto é, o piso “dorme” dentro da forma para ser desformado no dia seguinte.

Por isso o termo “Piso Dormido”

Boas Obras!!!  

domingo, 8 de abril de 2018

Como são os Pisos nos Shoppings Colombianos?


Ano passado estive na Colômbia e como só fico olhando para pisos, venho contar o que eu vi nos shoppings que estive por lá.

Em todos os shoppings, o piso marmorizado estava presente; porém com características diferentes; e é isso que tenho para contar.

Os pisos são em placas de 30 x 30 cm, menores do que as que estamos acostumados a ver no Brasil, que são em 40 x 40 cm. Os fabricantes de pisos Colombianos só produzem nestas dimensões.

Quanto as paginações de pisos, usam o piso branco, decorando com tabeiras e desenhos com cores diferentes como vinho, verde, amarelo, podendo ter também juntas decorativas.


A maior diferença está no acabamento, aqui no Brasil o piso encerado é o mais usado; na Colômbia usam o processo de cristalização de pisos, que resulta em uma manutenção muito menor.

Não fazem muita questão de piso espelhado, os pisos por lá tem um brilho acetinado, pois a manutenção é feita só com lavagem diária, não usam enceradeira de alta rotação para “puxar” brilho.

Durante a instalação, na forma de assentamento dos pisos também tem diferenças, fazem faixas armadas para travamento do piso e nivelamento da argamassa, porém este assunto será de uma matéria mais técnica que farei em breve.

Os shoppings são muito movimentados, a economia colombiana está bem, Bogotá é uma cidade com mais de 9 milhões de habitantes e você pode estranhar o cuidado com segurança; em todas as entradas de shoppings; cães farejadores examinam o interior e porta malas de todos os carros; uma fofura.

Os Colombianos são super atenciosos e receptivos, assim, eu pude tirar muitas informações e acrescentar mais conhecimento. Com quase 30 anos trabalhando com pisos marmorizados, estou sempre aprendendo.

Boas obras!!!!


domingo, 25 de março de 2018

Estórias de uma História – Piso Verde


Na década de 80, quando trabalhava pela Etergran, fomos fazer o piso de um galpão industrial, o qual o proprietário queria o piso na cor verde.

O piso na cor verde era comum no granilite, mas ainda era inédito no piso de alta resistência industrial em sistema úmido sobre úmido.

Foi feito a formulação do piso alta resistência tipo korodur e acrescentado o pigmento verde, na época produzido pelas Tintas Globo.

Após as etapas de concretagem, polimento e resinamento, o piso ficou mais para um cinza esverdeado do que verde como o proprietário queria.

A argamassa de alta resistência foi feita com cimento comum CPII cinza; o cimento branco não era usado para pisos de alta resistência.

Depois de tudo pronto, o dono do galpão bateu o pé; “Eu comprei um piso verde e isso não é verde”

Então, tivemos uma reunião na obra e foi convidado um dos mais experientes fiscais da Etergran, o sr. Severino, para tentarmos solucionar o problema.

Ele pegou uma lata de resina, misturou bem o pigmento verde e aplicou sobre o piso; o mesmo começou a ficar verde.

Para justificar que não estávamos pintando o piso e sim, fazendo o acabamento correto, realçando a cor, ele comentou:
- Quando engraxamos um sapato preto usamos graxa preta, quando engraxamos um sapato marrom, usamos graxa marrom, então, no piso verde, a resina tem que ser verde!!!

Todo o piso foi resinado com “resina verde” e entregamos a obra.

Boa Severino!!!!

Boas obras!!!


domingo, 18 de março de 2018

Eu na Revestir 2018


Eu estive na Revestir durante o Business Days e vou contar o que eu observei nas ruas e corredores da maior feira de revestimentos da América Latina.

A feira estava lotada, os visitantes eram na maioria arquitetos, lojistas, decoradores, construtores e estudantes destas áreas.

Os expositores não fizeram por mês e apresentaram em stands muito bem montados, seus produtos e suas novidades.

O setor de porcelanatos e cerâmicas dominam a feira, a grande maioria dos expositores são deste setor, e na maioria apresentaram como novidade peças com texturas em alto relevo, as peças de formatos gigantes que no ano passado estavam em poucas empresas, este ano estas peças se multiplicaram por muitos fabricantes; novos desenhos com tecnologia de impressão HD e peças de menor espessura com a mesma resistência das mais grossas.

O setor de louças e metais estavam em grande estilo com novos designs em alta tecnologia para economia de água.

O piso vinílico estava bem representado com novos desenhos e cores.

Marmores e Granitos também estavam presentes em até maior número que o ano passado.
As Pedras decorativas apresentaram um toque de classe como as peças de rochas vulcânicas e as peças de revestimentos gregas trazidos pela Palimanan.

Os produtos complementares como impermeabilizantes, limpadores, selantes, argamassas, também estavam presentes, gostei da manta Promaflex sem cola para proteção de pisos.
Pastilhas também estavam presentes com Atlas e Colormix dentre outras com novidades paralelas neste último em painéis decorativos.

Nos cimentícios, que é o setor que trabalho, observei que as empresas estão focando mais em revestimentos de paredes e cobogós do que em pisos. Destaques para concreto translucido apresentado pela Palazzo e para variar o stand da Castelatto sempre apresentando muitas coisas legais, gostei de um revestimento madeira que imita madeira queimada.

A Segato não expõe na Revestir, mas lançou algumas novidades como o piso Pentágono da Linha Novos Formatos, o revestimento Réguas Lisas além de painéis decorativos e cobogós muito bonitos.

A Revestir criou vários eventos e este ano dividiu as visitas em Business Days e Creative Days conforme o ramo de atividade do visitante, estava tudo muito bem organizada e o mais importante, mostrou que os fabricantes estão confiantes e otimistas com a reação da economia, comentando a melhora das vendas e focando no grande numero de lançamentos imobiliários que vão agitar o setor um pouco mais a frente.

Boas Obras!!!



domingo, 11 de março de 2018

Lançamentos Segato – Novos Formatos e Revestimento Vertical


Nesta semana em que teremos a Revestir em São Paulo, muitas empresas apresentam seus lançamentos estando ou não participando.

A Segato aproveita para também apresentar suas novas linhas de produtos: a Linha Novos Formatos com o piso Pentágono e a Linha Revestimentos Verticais com as Réguas Lisas.

O Pentágono é um piso com formato diferenciado, que veio com o slogan “Saia do Quadrado”, que inaugura a linha Novos Formatos Segato.


Com peças de 5 lados, este piso forma um desenho muito bonito que atinge o objetivo de apresentar algo inovador no mercado, podendo ser fabricado em várias cores e tipos de acabamento, aguçando a criatividade nos projetos de pisos.

Outro lançamento é o revestimento Réguas Lisas, que podem ser aplicadas em áreas externas e internas, emprestando um aspecto visual bonito, com a rusticidade do material cimentício.

São réguas que podem ser assentadas paralelamente na horizontal ou vertical; alinhadas ou com juntas amarradas, como também com juntas deslocadas, iguais as das fotos deste bonito projeto da arquiteta Daniela Almeida da Goa Arquitetura para o envolto das piscinas de um condomínio, onde o revestimento tem a mesma linguagem do piso elevado Segato.

Para as duas Linhas, temos todos os complementos, como rodapés, degraus, capas de muros, tentos, soleiras e etc. 

O Setor de Desenvolvimento da Segato é incansável no trabalho de criar, aprimorar e evoluir para que a Segato sempre apresente produtos que atendam, surpreenda e encantem quem está procurando alta qualidade, beleza e sofisticação.

Boas Obras!!!

domingo, 4 de março de 2018

Calçadas que Caminhamos – Piso Romano


Caminhando pelas calçadas de São Paulo, nos deparamos com uma variedade imensa de tipos de pisos cimentícios; e um dos modelos bastante aplicados em nossos passeios é o piso Romano.

Várias denominações são dadas conforme o fabricante; Linha Roma, Linha Romana, Círculos Romanos, Piso Romano; porém, é o mesmo modelo.

O nome Romano, provém dos mosaicos de pedras romanos que a estampa deste piso se assemelha.

São pisos fabricados a base de argamassa de cimento, podendo ser pigmentada em diversas cores.


Alguns fabricantes produzem em prensas como ladrilho hidráulico, outros em formas que são vibradas e outros em vibro prensas automatizadas, cada um com diferentes resistências e capacidade de produção.

Também podemos ver estes pisos em diversos tamanhos; são dimensões variando próximas de 30 x 30 cm, 40 x 40 cm e 50 x 50 cm que também os fabricantes produzem de acordo com os moldes que cada um utiliza.

São pisos ante derrapantes, confortáveis para caminhar e que emprestam um visual retrô de grande beleza.

A Segato também produz este modelo de piso em diversas cores, com a resistência, garantia de qualidade e a experiência de 46 anos produzindo pisos cimentícios e marmorizados.

Boas Obras!!!

Related Posts with Thumbnails